A 3ª cara de Dilma Rousseff

14 out

Ontem publiquei que a campanha petista se transformou em uma zombaria. Hoje, arrisco ir mais longe: virou um verdadeiro circo, em que a candidata petista ocupa posição de destaque. Uma arena cheia de malabaristas eleitoreiros, chefiada pelos 3 patetas – Ciro, Dirceu e Pallocci. O primeiro pateta não votou em Dilma. Os outros dois disputam entre si o posto de escorte principal da boba-da-corte.

A campanha descarrila. Uma vitória que parecia certa e liquidada em 1º turno, hoje se torna duvidosa. A começar pela divulgação da pesquisa do Ibope, que apontou apenas 6 pontos de diferença entre os candidatos – que pode ser ainda menor, tendo em vista que todos os institutos de pesquisa aumentaram a pontuação de Dilma no dia 03.

A outra pesquisa, do Vox Populi, como disse Reinaldo Azevedo, não merece comentários, já que o presidente desse instituto, um dia antes do 1º turno, expressou publicamente e por escrito que a vitória de Dilma era garantida. Isso sem contar os 40% das intenções de voto que dava ao então candidato ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin. Errou feio em ambos.

O cenário, que já está ruim, ficou ainda pior. Dilma disse que assinará documento se comprometendo a não apoiar projetos de lei que visem a permitir o casamento entre homossexuais e o aborto, e que altere a legislação concernente à religião. Isso é um descompasso com um governo que se diz progressista. O desacerto foi acertado com líderes evangélicos. Quem imaginaria, hein, que o PT se curvaria diante das exigências dos crentes?!

Isso, se sabiamente explorado pela campanha tucana, pode ser determinante para tirar votos da petista – que de devota não tem nada – pois parte significativa do eleitorado do PT com certeza ficou insatisfeita com a sujeição do partido à religião.

A incoerência, de que tanto se fala, demonstrou-se de novo nessa quarta. Dilma afirmou que o Estado brasileiro é um Estado laico, razão pela qual firmou o compromisso. Ou Dilma de fato não sabe o que fala ou ela tenta nos enganar – ou ambos. Se o Estado é laico, o que a impede de colocar tais temas em pauta?

Esclareçam-me a relação entre o Estado laico e a questão do aborto e da união entre homossexuais. O primeiro, a meu ver, é uma questão de saúde pública. No Brasil é uma questão de direito penal. E é exatamente por o Brasil ser um Estado laico e democrático é que os debates sobre sua permissão ou proibição poderiam ser incluídos na agenda.

O mesmo ocorre com o casamento de gays. E não estamos falando de uma cerimônia religiosa na igreja conferida pelo padre e com a presença de padrinhos e madrinhas. Nisso, obviamente o Estado não deve interferir. Estamos falando de mera formalização no cartório, para que os casais homossexuais tenham os mesmos direitos inerentes aos casais heterossexuais. Isso é igualdade entre os indivíduos. Não permitir é uma afronta à Constituição Federal. Há, inclusive, decisões judiciais que já reconheceram tais direitos.

Ao firmar esse compromisso, ou ela atesta sua ignorância política e seu desconhecimento sobre distinção entre Estado e religião; ou trata-se de evidente manobra eleitoreira para enganar os mais desavisados, e que conclama o povo brasileiro a compactuar com a política sem-vergonha nas urnas.

O programa da petista está ainda mais bagunçado. Em depoimento gravado para a propaganda obrigatória da TV à noite, Dilma foi comparada a Madre Teresa de Calcutá e a Joana D´Arc.

Deixe-me entender. Dilma, primeiro era uma descrente favorável ao aborto. Depois, tornou-se uma admiradora de Deus contrária o aborto – que subitamente tornou-se uma violência contra a mulher. Agora, Dilma assinará um documento em acordo com os evangélicos pelo qual se compromete a não aprovar o aborto e o casamento entre gays porque o Brasil é um Estado laico. Por fim, ela é comparada, concomitantemente, a uma heroína francesa queimada viva pela Igreja pelo crime de heresia e a uma beata freira católica cuja única coisa desabonadora que se tem na sua biografia é ter sido comparada a Dilma. Parabéns, petralhas!

São tantas incongruências que fica difícil saber quem é Dilma Rousseff. Ela diz ter apenas uma cara. Serra diz que ela tem duas caras. Eu digo: Dilma tem três caras. A terceira é a cara de palhaço que ela rapidamente assume durante o circo petista.

PS: cadê o Lula, hein?

 

Anúncios

10 Respostas to “A 3ª cara de Dilma Rousseff”

  1. Rachel outubro 14, 2010 às 5:45 am #

    A foto está perfeita! Já viram aquele (talvez não um só) filme de palhaço do mal (assassino)? Segundo o Jô Soares, ele e várias pessoas carregam um medo visceral de palhaços … Essa dá mesmo arrepios!

    É, algumas personalidades realmente se transformam. Mas não se trata de uma Metamorfose ao estilo Kafkaniano, e sim da preparação meticulosa de alguém que já usou vários nomes – e cujo atual sobrenome é adaptado – e com uma vida pretérita atribulada, cujas ‘realizações’ – em sua maioria criminosas, porém romantizadas pelo apelido de guerrilha – se esvaíram por completo com o fim da ditadura.

    Passado esse período negro da História do país – no qual faltaram protagonistas como Che – Dilma Rousseff ficou sem chão … Só veio a ser notícia com Lula, em terra de cego. Com a esquerda à brasileira, ou seja, trilhando todos os caminhos da direita e prometendo borbotões à esquerda. E agora foi elevada ao poder, com direito a lifting, botox, alguma preparação verbal, porém sem preocupação com coerência interna. Como alguém que não hesitou em roubar, assaltar e matar por uma causa contrária a seus princípios pode ter o equilíbrio necessário para conciliar as diferenças monumentais entre os múltiplos Brasis?

    Dr. Jekyll ou Mr. Hyde – o que está por trás dessa fisionomia – ou dessa cara reconstituída?

    De fato, o Brasil pode mais.

    • contradita outubro 14, 2010 às 1:54 pm #

      É o palhaço IT – http://www.google.com.br/images?hl=pt-br&q=palha%C3%A7o%20it&um=1&ie=UTF-8&source=og&sa=N&tab=wi&biw=1389&bih=594
      hehehehe…
      É o populismo que se dissemina na América Latina. Discurso ao povo, administração às elites. Como diz o socialista Bakunin:

      “Assim, sob qualquer ângulo que se esteja situado para considerar esta questão, chega-se ao mesmo resultado execrável:o governo da imensa maioria das massas populares se faz por uma minoria privilegiada.
      .
      Esta minoria, porém, dizem os marxistas, compor-se-á de operários.
      .
      Sim, com certeza de antigos operários, mas que tão logo se tornem governantes ou representantes do povo, cessarão de ser operários e por-se-ão a observar o mundo proletário de cima do Estado; não mais representarão o povo, mas a si mesmos e suas pretensões de governá-lo.
      .
      Quem duvida disso, não conhece a natureza humana.”

  2. marcelo outubro 14, 2010 às 6:06 am #

    Só sendo muito estúpido para acreditar nessa sargentona. Fala uma coisa e justifica o contrário. O pior é saber que grande parte de nossa população é alienada e não se dá conta de nada. Nestes últimos anos o Brasil poderia ter se desenvolvido muito mais; falam que a vida melhorou nesse país, não consigo ver essa mudança. Chego ao ponto de reconhecer que merecemos ser governados por esses falastrões, pois somos um povinho muito bunda.

    • contradita outubro 14, 2010 às 1:42 pm #

      Pois é, Marcelo. As pesquisas de ontem divulgaram que mais da metade da população (70%, se não me engano), sequer soube da existência do debate domingo – o que corrobora o que você disse. Quanto às mudanças, sigo um pouco sua linha. Não sou economista, mas sei que taxa de crescimento de PIB não faz um país ser melhor ou pior. Veja a China, que cresce horrores e é o que é…
      abraços!!!

  3. Roberto outubro 14, 2010 às 9:02 am #

    Muito bom seu blog. O formato e as matérias, parabéns!
    Cheguei aqui através do aviso no RA.
    Abraço Luiz.

    • contradita outubro 14, 2010 às 12:23 pm #

      Obrigado, Roberto.
      Tento publicar diariamente.
      Abraço!

      • Fernanda outubro 14, 2010 às 2:37 pm #

        Muito bom mesmo, você coloca os fatos de uma forma muito clara e concisa. Cliquei no link do editorial do Estadão para chegar até aqui!! Parabéns!!

        • contradita outubro 14, 2010 às 3:25 pm #

          Fernanda, obrigado pela visita e pelo elogio!
          bjs

  4. Renan outubro 14, 2010 às 10:48 pm #

    Entrei aqui via RA, o grande mestre.
    Quisera que brasileiros com acesso a internet vissem os vídeos e tivessem informação da candidata do PT, que outrora foi do PDT.
    Com certeza, milhões não votariam nela.
    Aqui no Vale do Paraíba, somente gente não informada vota na quadrilha que apossou o poder.
    É necessário postar vídeos onde mostra a falta de preparo dessa candidata.
    Principalmente aquele do atual coordenador de campanha(Ciro, o nordestino que nasceu Pindamonhangaba) em que diz que Serra é mais preparado para exercer a presidência.

    • contradita outubro 16, 2010 às 12:28 am #

      Admiro bastante o Reinaldo também.
      Aqui na capital, Dilma venceu nos bairros mais pobres.
      Nas pesquisas recentes, Serra já vence entre os eleitores mais instruídos. E também com melhor condição social, tendo assim mais acesso à informação e menos sujeitos à manipulação do lulismo.
      Eu fiz o blog faz pouco tempo. Não sei mexer direito nas funções, por isso ainda não postei vídeos, que muitas vezes são melhores do que as palavras, né?! Mas estou aprendendo…
      O Ciro é um pateta. No texto Campanha petista virou uma zombaria, do dia 13, citei ele e suas declarações. Dê uma lida.
      Abraços!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: