Quero ser grande

7 out

 

Lula encarando Tutancâmon: "Minhas pirâmides teriam sido muito maiores..."

 

 

Crescimento. Essa é a palavra que mais ouvimos durante a campanha eleitoral. O governo orgulha-se do bom momento econômico do país, embora isso decorra também e em grande parte das administrações anteriores.

A soberba petista manifesta-se pela magnificência de obras que, embora não tenham saído do papel, pretende-se tocar. Isso coloca em xeque um dos poucos pontos positivos do mandato de Lula, isto é, a responsabilidade sobre as contas públicas – ainda que eu tenha dúvidas quanto a isso. Assim, duas obras são indispensáveis para satisfazer o apetite lulista por grandeza: Belo Monte e o Trem-Bala.

A primeira é a usina hidrelétrica que será construída no Rio Xingu, no estado do Pará. As obras devem começar ainda este ano. Isso se a justiça não impedir, pois são inúmeros os processos judiciais intentados tanto pelo Ministério Público quanto por organizações não-governamentais e entidades ambientalistas.

Engenheiros avaliam que a usina causará uma catástrofe ambiental, tendo em vista a inundação de parte da região, alteração no fluxo de água e de escoamento do rio, o que prejudicaria a fauna e a flora. Além disso, há a questão dos povos indígenas que vivem no local e dependem da área para sua subsistência. Mas deixarei de lado tais questões, já que o meio-ambiente (segundo Dilma, este “representa uma ameaça”) e os índios nunca foram prioridades para o governo. Ater-me-ei à questão econômica.

O custo está estimado hoje em mais de 20 bilhões de reais. Parte do dinheiro investido será da União e parte das empresas participantes da obra, financiadas com recursos do BNDES. Porém, especialistas crêem que a usina não sai por menos de 30 bilhões. Se isso ocorrer, o prejuízo ficará a cargo do governo e dos consumidores, que pagarão mais caro pela energia. Ainda, a usina operará com apenas 40% de sua capacidade, muito menor do que a média das grandes usinas brasileiras. Por essas razões, grandes empreiteiras, como a Odebrecht e a Camargo Côrrea, desistiram de participar dos negócios de Belo Monte – mas tudo bem, eles devem compor com aqueles que torcem para o país dar errado. Vamos em frente!

O Trem-Bala – que ligará Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro – por sua vez, é economicamente mais problemático. O custo hoje avaliado é de 35 bilhões de reais, o que lhe dá a condição de obra mais cara do governo Lula. Entretanto, estudo de consultores do Senado indica que a obra está subavaliada, e seu custo pode atingir 50 bilhões. Outro problema reside na demanda: para pagar os custos, seria necessário realizar de 20 milhões de viagens por ano. Hoje, o governo trabalha com a estimativa de apenas 6,4 milhões. Ainda, considera-se a passagem extremamente cara: 200 reais o trecho de SP ao RJ – o que seria a passagem de Trem-Bala mais cara do mundo por quilômetro rodado.

A desconfiança já toma conta das empresas que participam da elaboração do projeto e dos estudos de sua viabilidade. Um diretor da Siemens disse que o edital de licitação, que está prevista para ocorrer dia 29 de novembro, é muito “otimista”. O que eles entendem, né?

As duas obras, que poderão se tornar elefantes brancos acompanhados de uma conta salgada, hoje são utilizadas como carros-chefe do programa de infra-estrutura do PT. Lula e sua ambição por grandeza podem criar um rombo para a União. Não é a toa que começam a chamá-lo de Faraó do ABC.

 

Anúncios

2 Respostas to “Quero ser grande”

  1. Carolina outubro 14, 2010 às 1:09 pm #

    Gostei bastante de tudo que li. Gostaria de parabenizar sua coragem em escrever e tb qualidade e veracidade dos teus textos. Parabens!

    • contradita outubro 14, 2010 às 1:24 pm #

      Carolina,
      Obrigado pela visita e pelo elogio!
      Visitarei seu blog também.
      bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: